Menu:


Ao Vivo

Links Úteis

Nossa Audiência


Estatísticas:

Total de visitas: 298576
Visitas hoje: 17


Emissoras brasileiras comemoram migração para o FM

Mudança eleva a qualidade do sinal e permite que as rádios sejam sintonizadas em dispositivos móveis


RádioNo Dia Mundial do Rádio, celebrado nesta segunda-feira (13), as emissoras brasileiras comemoram a modernização do setor. Das 1.781 emissoras AM do Brasil, mais de 70% já pediram a migração ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MTCIC) para FM. A mudança eleva a qualidade do sinal das transmissões e permite que as rádios sejam sintonizadas em dispositivos móveis, como tablets e smartphones.

Na próxima sexta-feira (17), rádios de Santa Catarina serão beneficiadas com a mudança de frequência em cerimônia com a participação do ministro Gilberto Kassab.

"Mesmo com todas as espantosas inovações trazidas pelas novas tecnologias, o rádio segue firme como um dos meios de comunicação mais importantes nos dias de hoje. Em nossas casas, ambientes de trabalho, ônibus e automóveis, em todos os momentos, o rádio continua a ser uma fonte efetiva de informação, conhecimento e lazer, abrangendo a rica diversidade brasileira, constituindo-se de vital fator de integração nacional. A Secretaria de Radiodifusão está muito empenhada em fortalecer o rádio no Brasil com a aceleração do processo de migração das rádios AM/FM", afirmou a secretária Vanda Nogueira.

O Brasil conta com mais de 10 mil emissoras de rádio, sendo 5.463 nas categorias AM e FM comercial e educativa, além de outras 4.775 emissoras comunitárias. Com baixo custo de operação e fácil acesso à tecnologia, o rádio chega às áreas mais remotas do país, levando informação e serviços à população.

Campanha

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e TV (Abert) se uniram para celebrar o Dia Mundial do Rádio no Brasil com uma campanha para aproximar os ouvintes das emissoras. Com o tema "O rádio é você", a campanha defende a participação da comunidade na programação por meio de entrevistas, conselhos editoriais e fóruns de ouvintes, por exemplo. A Unesco ressalta que essas são algumas maneiras de fazer do rádio um meio de comunicação cada vez mais próximo do público.

Um site foi criado pela Unesco especialmente para o Dia Mundial do Rádio, reunindo as atividades de todas as emissores em comemoração à data. O site está disponível nas seis línguas oficiais das Nações Unidas (espanhol, inglês, francês, árabe, russo e chinês).

Fonte: Portal Brasil, com informações do MCTIC


Ver todas as notícias