Menu:


Ao Vivo

Links Úteis

Nossa Audiência


Estatísticas:

Total de visitas: 298430
Visitas hoje: 116


Quanto custa ir a todos os jogos do Brasil na Copa?

Torcedor teria de gastar mais de R$ 10 mil para acompanhar todos os jogos do Brasil na Copa


RádioVer o Brasil ser hexacampeão do mundo em casa e in loco é um sonho que o torcedor brasileiro alimenta desde a escolha do país como sede da próxima Copa. Mas realizá-lo no ano que vem vai depender do desempenho da Seleção e de um bom planejamento financeiro.

Se somar os valores de ingressos (os mais baratos) a um gasto mínimo com alimentação, passagens aéreas e hospedagem (a mais modesta), o brasileiro vai gastar mais de R$ 10 mil para acompanhar o Brasil até a final da Copa.
A BBC Brasil fez um cálculo estimando quanto um torcedor gastaria para ver os sete possíveis jogos da Seleção no Mundial de 2014, considerando São Paulo como ponto de partida e com setembro como marco inicial da aventura, com a compra de ingressos, passagens e reservas de hotéis feitas com bastante antecedência.

Como o primeiro jogo do Brasil será em São Paulo, o gasto inicial se resumiria ao ingresso para a partida. A partir de então, se a Seleção avançar, a maratona do torcedor vai incluir viagens a Fortaleza, Brasília, Belo Horizonte, de novo Fortaleza e Belo Horizonte, até a final, no Rio de Janeiro.

Os custos com as passagens aéreas para todos esses lugares são os que mais vão pesar no bolso. Se o torcedor reservasse os voos hoje, com quase dez meses de antecedência, gastaria R$ 5.264 para viajar de São Paulo ao local do jogo no dia da partida e voltar na manhã seguinte.

O segundo item que mais encarece o custo da aventura é a hospedagem. De acordo com os valores dos hotéis já disponíveis para reserva pelo site da Fifa, e considerando-se as diárias mais baratas, o torcedor gastará R$ 3.741 para passar uma noite em cada local de jogo.

Por conta da Copa, e da expectativa de grande procura, o valor da hospedagem está inflacionado, mas a Embratur já faz um apelo por redução. Os hotéis estão exigindo reservas de pelo menos duas diárias para o Mundial, regra que o Ministério do Turismo também pretende mudar até o ano que vem.

"É natural esse aumento, é uma coisa natural da indústria do turismo para grandes eventos. Por isso, o ideal é tentar fechar tudo até o final do ano, porque depois vai ficar ainda mais caro", alerta o economista Samy Dana.

Para finalizar a conta, os ingressos. Comprando-se bilhetes da categoria mais barata – exclusiva para brasileiros - outros R$ 1.270 serão acrescentados nos gastos para acompanhar a Seleção até a final em 2014.

Caso o torcedor tenha direito a meia-entrada, esse valor cai para menos da metade, R$ 555.

Vale acrescentar R$ 20 por jogo ao plano de gastos para comprar um cachorro-quente (R$ 8, seguindo os padrões da Copa das Confederações) e uma cerveja (R$ 12).

Com tudo isso, o investimento para acompanhar um possível hexacampeonato da seleção in loco no ano que vem será de pelo menos R$ 10.415 (ou R$ 9,7 mil para aqueles com direito à meia-entrada).


Ver todas as notícias