Menu:


Ao Vivo

Links Úteis

Nossa Audiência


Estatísticas:

Total de visitas: 298561
Visitas hoje: 2


Morador da residência que desabou parcialmente em São José estava na casa de um irmão

Cão farejador chegou a ser acionado devido à suspeita de que ele estivesse sob os escombros


RádioMorador da residência que desabou parcialmente em São José estava na casa de um irmão
Cão farejador chegou a ser acionado devido à suspeita de que ele estivesse sob os escombros

O morador da residência que desabou parcialmente na manhã desta terça-feira em São José estava na casa de um irmão. Por volta de 13h15min, Ademimo Carlos da Costa, 72 anos, assistiu aos trabalhos de buscas pela TV e avisou parentes e bombeiros. Até então, as equipes de resgate acreditavam que ele pudesse estar sob os escombros. A informação de que não havia vítima no local chegou no momento em que o cão farejador, que foi deslocado de Itajaí, estava sendo preparado para começar o resgate.

Segundo o Corpo de Bombeiros de São José, a casa, na Rua XV de Agosto, desabou parcialmente depois que uma laje cedeu. As causas ainda não foram apuradas. Após a queda, houve vazamento de gás, mas foi controlado pelos bombeiros.

Mais cedo, o comandante de área do 10° Batalhão dos Bombeiros de São José, tenente Gustavo dos Anjos, fez análise no local e constatou que a estrutura de concreto que sustentava a laje apresentava sinais de decomposição.

— Essa laje é ao lado da casa, na parte que não era habitada. Mas desabou em uma área de uns 20 metros, então o colapso foi muito grande. O concreto já estava deteriorado. Uma parede da casa também caiu junto — disse o tenente.

Pela manhã, vizinhos relataram aos bombeiros que o dono da casa havia sido visto circulando na região. Por isso houve a suspeita de que ele pudesse estar sob os escombros. Como nada foi encontrado pelas equipes de resgate, um cão farejador de Itajaí foi acionado para ajudar, o que acabou não sendo necessário.

A moradia danificada fica nos fundos de um terreno que possui outra casa. O local do desabamento foi interditado pela Defesa Civil.

DIÁRIO CATARINENSE


Ver todas as notícias