Menu:


Ao Vivo

Links Úteis

Nossa Audiência


Estatísticas:

Total de visitas: 298415
Visitas hoje: 101


Polícia encontrou ossada humana na Fazenda de propriedade do Dinho

Carcaça de motocicleta encontrada no penhasco


RádioUma ossada suspeita de ser humana foi encontrada pela polícia na Fazenda Santa Maria I e II, segundo o delegado titular de Costa Rica, Cleverson Alves dos Santos a propriedade pertence ao acusado de ter praticado diversos crimes em Costa Rica/MS, Oswaldo José de Almeida Júnior, o “Dinho”. De acordo com o delegado a ossada foi encontrada em um penhasco de aproximadamente 150 metros, segundo ele o crânio apresenta perfurações, porém não é possível identificar de que forma foram produzidas as lesões.

A equipe do delegado acompanhada por policiais do Garras (Grupo Armado de Repressão e Resgate a Assaltos e Sequestros) foram até a propriedade rural distante cerca de 80 Km da cidade de Costa Rica, já no município de Figueirão na última quinta-feira (15) cumprir mandado de busca e apreensão uma vez que havia a informação que o local teria sido usado para desova de cadáveres.

Segundo o policial próximo a ossada foi encontrada a carcaça de uma motocicleta Honda Strada e um aparelho de telefone celular. Cleverson acredita que a moto tenha sido empurrada junto com a suposta vítima no penhasco.

O delegado disse ao Hora da Notícia que a informação que local teria sido usado para desova de cadáveres veio do Presídio Federal de Campo Grande onde Dinho se encontra preso.

Cleverson disse ainda que a informação que no local pode ter mais ossadas, segundo ele as buscas vão continuar nos próximos dias.

A ossada encontrada na propriedade rural foi encaminhada para IML (Instituto Medico Legal) para ser periciado.

Quem é Dinho:

Dinho é acusado de planejar e mandar assassinar a ex-esposa, Josana Subtil de Melo em Costa Rica no dia 07 de julho de 2.009. Ele responde ainda por outros dois crimes: à execução do Advogado Nivaldo Nogueira de Souza no dia 23 de março de 2009, ele é acusado de ser o mandante e autor intelectual. Outro crime atribuído a ele é uma tentativa de homicídio contra Rodrigo Batista Flores, 39 anos, conhecido pelo apelido de “Gordo”, ocorrido no dia 17 de abril em Costa Rica.

Por ser considerado um preso de alta periculosidade está recolhido no Presídio Federal de Campo Grande desde o dia 27 de Abril de 2010.

FONTE: Hora da Noticia


Ver todas as notícias