Menu:


Ao Vivo

Links Úteis

Nossa Audiência


Estatísticas:

Total de visitas: 298561
Visitas hoje: 2


"Nasci de novo", diz mulher atingida após queda de poste em Joinville

Vítima estava na calçada quando um caminhão arrancou a fiação elétrica, derrubando a estrutura


Rádio“Eu nasci de novo”. Foi assim que a dona de casa Valéria Machado, 65 anos, descreveu o que poderia ter sido algo mais grave, na manhã de terça-feira Por volta das 11h30, um poste de distribuição de energia por pouco não caiu sobre ela.

O acidente aconteceu na rua Olavo Bilac, em Pirabeiraba, zona Norte de Joinville. Depois que a carga de um caminhão ficou presa à fiação elétrica, o poste foi derrubado, partiu ao meio e desabou.

A dona de casa estava saindo da padaria, onde aproveitou para comprar pão enquanto a filha pagava contas na lotérica ao lado, quando tudo aconteceu. O poste, que estava entre a padaria e a lotérica, caiu e derrubou partes do telhado e do toldo dos dois estabelecimentos.

Como a carga de equipamentos industriais tinha cerca de cinco metros de altura, a caçamba acabou atingindo os cabos de energia que estavam suspensos a uma altura menor. O motorista do caminhão só percebeu o problema no momento em que pedestres gritaram avisando-o de que o poste estava caindo.

Uma viga de madeira que protegia o poste caiu sobre a perna de dona Valéria. Ela foi socorrida pelos Bombeiros Voluntários e levada para o Hospital Municipal São José. Por sorte, dona Valéria sofreu apenas ferimentos leves e precisou levar alguns pontos na perna direita.

Depois de medicada, ela voltou para casa e estava feliz por nada de mais grave ter acontecido. Mesmo impressionada, ela já se recuperava do susto.

A dona de casa contou que estava na calçada no momento do acidente e apenas ouviu um estouro. Ela sentiu que algo havia caído sobre sua perna e só depois percebeu o que havia acontecido. A filha de 20 anos que acompanhava Valéria entrou em desespero ao ver a mãe caída na calçada.

Após o socorro de Valéria, coube aos donos da padaria e da lotérica contabilizarem os prejuízos. Sedrik Carlos Lemke, sócio da panificadora, disse que o prejuízo ficaria em torno de R$ 5 mil.

— Nós ficamos sem energia elétrica até as 18 horas. Todo esse tempo sem produção —, lamentou. A lotérica também fechou as portas durante a tarde de terça-feira.

Fone: clicrbs.com.br


Ver todas as notícias