Menu:


Ao Vivo

Links Úteis

Nossa Audiência


Estatísticas:

Total de visitas: 298576
Visitas hoje: 17


Ex-sócio do grupo El Divino, Paulo Ferrarini, troca a vida de badalação para fotografar o interior d

Na última viagem, ele Percorreu cidades e interiores de Rondônia, Acre, Amazonas e estados nordestinos


RádioO imenso Brasil está sendo desvendado pouco a pouco pelas lentes e sensibilidade do fotógrafo Paulinho Ferrarini. Homem da noite de Florianópolis, trocou a badalação pela estrada, tendo a máquina fotográfica como companheira.

Confira a galeria com fotos de Paulo Ferrarine

A vida de festas, glamour e sociedade ficaram no passado. Em vez de música eletrônica, o canto dos pássaros. As companhias de baladas trocou pelas longas conversas com sertanejos, boiadeiros, pescadores. Homens simples, mas cheios de histórias e vivências. A luz dos refletores deu lugar a inesquecíveis noites de luar e estonteantes pores do sol. O "fog" das pistas de dança, hoje é o pó das estradinhas de chão batido. Os luxuosos e impessoais resorts perderam a vez para pousadinhas modestas, de comida simples e sorrisos acolhedores.

Foi uma escolha de vida. Uma mudança radical que só trouxe felicidade e autoconhecimento. Paulinho Ferrarini, conhecido homem da noite de Floripa, era sócio do grupo El Divino. Até que, há quatro anos, decidiu que chegava a hora de dar novo rumo à sua história. Na verdade, novos rumos: Norte, Sul, Leste e Oeste. O Brasil todo, de ponta. Rincão a rincão.

Máquinas fotográficas na bolsa, partiu de carro em busca de aventuras e experiências. A fotografia sempre foi uma paixão. Antes, faltava tempo para conciliar tanta coisa. Agora, as viagens são prioridade absoluta. As fotos - milhares delas - são o testemunho de cada lugar visitado. De cada novo amigo. De cada paisagem inesquecível.

A última aventura durou três meses. Começou em setembro do ano passado. Percorreu cidades e interiores de Rondônia, Acre, Amazonas e estados nordestinos. Paulinho procura os lugares inusitados, de poucos turistas e longe da badalação. Fotografa as festas populares regionais, as cerimônias religiosas, a natureza em estado bruto e as pessoas, do jeito que elas são. Sem retoques.

Nem bem chega a Floripa, já bate a vontade de partir novamente. A estrada virou seu lugar preferido no mundo.

Neste caderno, uma pequena mostra das fotos feitas por Paulinho Ferrarini em suas viagens pelo Brasil. Veja mais imagens no www.diario.com.br/variedades; e no site www.paulinhoferrarini.com.br.


Ver todas as notícias